Articles

UConn investiga seqüência de incidentes anti-semitas no campus principal

(3 de novembro de 2020 / JNS) A Universidade de Connecticut tem investigado múltiplos relatos de incidentes anti-semitas em seu campus principal em Storrs, incluindo vandalismo suástica e outros tipos de danos materiais.

“Estes relatos recentes foram todos atos de danos físicos à propriedade, incluindo grafite suástica. Estes são símbolos inegáveis de anti-semitismo que evocam lembranças dolorosas do Holocausto entre nossos estudantes, professores e funcionários judeus”, disse os administradores da escola em um e-mail aos estudantes.

>

>

>

>

>

>

>

“Estes atos e outros atos discriminatórios neste semestre são profundamente perturbadores e deixam uma cicatriz nos membros de nossa comunidade cujas crenças ou identidades são alvo”, acrescentaram.

>

Na sequência de cada incidente, a equipe da Vida Residencial procurou as partes impactadas para oferecer apoio, de acordo com os funcionários da escola.

>

Subscrever para o The JNS Daily Syndicate
por e-mail e nunca faltar
nossas principais histórias

>

>

A universidade disse que está trabalhando com os membros do Hillel no campus para organizar um evento sobre preocupações e trabalhando para a cura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.